Notícias

26/01/2021 17:54:47

OFICIAL DE JUSTIÇA É DESACATADO POR DELEGADO DA ALFÂNDEGA EM DILIGÊNCIA NO PARÁ

O Oficial de Justiça Arcelino Barros Filho foi desacatado pelo delegado da Alfândega de Belém (PA), durante diligência ocorrida na sexta-feira (15). Segundo Arcelino, por volta das 15 horas, ele esteve no local para o cumprimento do mandado, quando foi recebido pelo Auditor Fiscal que o tratou de forma grosseira. “O delegado determinou que eu sentasse na cadeira sob o argumento de que não gostava de conversar com pessoas sem que estivessem no mesmo nível”, conta.

Ainda de acordo com ele, durante o período em que esteve sentado verificou que o delegado orientava uma servidora a digitar e imprimir um texto no mandado para que posterior assinatura.

“Eu falei que na minha via do mandado bastaria a sua assinatura e ele respondeu em tom grosseiro novamente que quem assinaria era ele e o mesmo faria como bem entendesse”, lembra.

Diante do desacato, o Oficial de Justiça disse que decidiu aguardar os procedimentos do Auditor Fiscal da Delegacia para o recebimento da intimação. 

A Assojaf-15 se solidariza com o colega Arcelino Barros Filho e repudia a atitude do delegado da Alfândega de Belém.

Na última quarta-feira (20), a Fenassojaf e a Assojaf/PA-AP rechaçaram o desrespeito com o Oficial de Justiça.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo com a Fenassojaf