Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores
Federais da Justiça do Trabalho da 15ª Região

assojaf15@gmail.com
 
 
 
 
NOTÍCIAS
11/02/2020 - 19:13:00
145 acessos
 
FENASSOJAF DIVULGA NOTA DE REPÚDIO ÀS DECLARAÇÕES DO MINISTRO DA ECONOMIA PAULO GUEDES
 

A Fenassojaf divulgou, nesta segunda-feira (10), uma Nota de Repúdio onde se soma às inúmeras manifestações de entidades representativas de servidores e de outros segmentos da sociedade civil indignadas com as declarações do ministro da economia Paulo Guedes, que comparou o servidor público a um “parasita”.

Durante a participação em um evento na última sexta-feira (07) na Fundação Getúlio Vargas, o ministro afirmou que “o hospedeiro está morrendo, o cara (servidor público) virou um parasita, o dinheiro não chega no povo e ele quer aumento automático”.

Guedes ainda fez críticas ao modelo de reajuste salarial do funcionalismo público que, de acordo com ele, “já possui privilégios como aposentadoria generosa e estabilidade no emprego”.

Esta não é a primeira vez que ministros e representantes do Governo tentam difamar os servidores públicos, em total falta de respeito com aqueles que atuam para oferecer serviços à população.

Na publicação, a Federação se posiciona contra as acusações e contra a falta de respeito do ministro e do governo que ele representa. “Mais uma vez, a entidade reforça o apoio às paralisações e mobilizações chamadas para o dia 18 de março contra as ameaças e ataques do Governo Federal”, diz.

A Assojaf-15 ratifica a nota publicada pela Fenassojaf em repúdio às declarações do ministro da economia Paulo Guedes. É inadmissível que os servidores sejam alvo de ataques e ameaças a retirada de direitos. Somente com união é que seremos capazes de combater injúrias e difamações!

SOMOS SERVIDORES PÚBLICOS E MERECEMOS RESPEITO!

Clique Aqui para ler a nota completa da Fenassojaf

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo

 

Imprimir Notícia

 
 
 
assojaf15@gmail.com - Criado por RAIA
 
ASSOJAF15 - Associação dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais da Justiça do Trabalho da 15ª Região